O Que é um BOT e Como Ele Vai Mudar Seu Dia-a-dia de Trabalho?

28/07/2016

bot-atendente-virtualVocê já deve ter ouvido falar sobre BOT (abreviação de robot, robô em inglês) ou algo do gênero. Talvez você até utilize um BOT mas nem se dê conta que ele existe.

Agora, imagine no seu dia-a-dia de trabalho um BOT agilizar diversas tarefas “braçais” que você tem, enviar análises em tempo real do que está acontecendo e, até mesmo, mensagens do que pode acontecer por meio de análises preditivas baseadas no histórico de dados da sua empresa. Tudo isso sem você fazer nada. Coisa do futuro? Não! Isso está mais próximo do que você imagina… Vamos do começo!

Apesar de não ser um conceito novo e já existirem há algum tempo, os BOTs estão chegando com tudo devido ao rápido avanço da tecnologia nos últimos anos em smartphones, aplicativos e melhores sistemas que utilizam o conceito de inteligência artificial.

Um exemplo mais comum e que temos uma certa familiaridade é:

– Atendimento ao cliente em uma central telefônica

Você deve estar pensando: Ah, então isso é um BOT? Eu detesto ser atendido por uma máquina em uma central telefônica. Prefiro sempre ser atendido por uma pessoa. Muito mais rápido e prático! Pessoa-irritada-ao-telefone

Se você pensou isso, não deixa de ter razão. É exatamente por este tipo de pensamento que os BOTs ainda não entraram com tudo no nosso dia-a-dia. Ainda é difícil interagirmos com eles como se estivéssemos interagindo com uma pessoa, na mesma velocidade de fala, usando gírias e aquele “gingado” brasileiro de falar de tudo ao mesmo tempo.

Porém, como dito anteriormente, o advento dos chats, como Whatsapp, Facebook Messenger e outros inúmeros serviços, tem mudado a maneira como as pessoas estão interagindo, ou seja, por texto. Super comum vermos nas ruas as pessoas digitando nos smartphones o tempo todo. Tem hora que até passamos do limite, né?! 😉

Com isso, abriu-se novamente um campo muito vasto para explorarmos um novo tipo de BOT, o chamado CHATBOT. Isso mesmo, o BOT que “vive” dentro de um serviço de chat, como o Whatsapp ou Facebook Messenger.

Para você, este CHATBOT vai parecer uma pessoa na sua lista de contatos, por exemplo. Ou ele pode estar em um grupo que você também está e por aí vai…

Exemplos mais novos de CHATBOTs sendo utilizados e testados atualmente:

Pedido-de-pizza-chat-bot– Pedir pizza por uma rede social

Isso mesmo! Existe uma rede de pizzarias nos EUA que oferece a seguinte opção aos seus clientes: Basta enviar o EMOJI da pizza para eles através do Facebook Messenger, este aqui 🍕, e o BOT automaticamente já pergunta qual pizza você deseja, faz seu pedido e cobrança e lhe envia mensagens informando o status de entrega. Sensacional, não?

– Reservar um restaurante pelo chat do estabelecimento

Não é mais necessário ter uma pessoa para fazer isso. Você simplesmente entra no chat do restaurante e pede uma reserva enviando o dia e horário. Pronto. Reservado.

– Realizar uma compra na internet apenas fazendo e respondendo perguntas

Este parece mais futurista, mas já está sendo testado e é muito disruptivo. Imagine não termos mais sites na internet de e-commerce. Você apenas entra em um chat e digita: “quero comprar um celular da marca X com câmera modelo Y, etc..”, o CHATBOT já manda de volta todos os modelos que tem, você digita qual deseja, a forma de pagamento e pronto. O CHATBOT começa, então, a enviar mensagens do status do pedido, status da entrega e toda a rastreabilidade da entrega em tempo real.Cliente-fazendo-compra-por-chat

Você deve estar imaginando: Pera aí!!! Como assim?! Não estou entendendo direito, etc. Viu só como é um campo novo a ser explorado? Pense um pouco nas inúmeras possibilidades que poderemos ter. 😉

E no dia-a-dia de trabalho, como vai ser?

Hummm… É aqui que os CHATBOTs começam a ficar ainda mais interessantes!

Realizamos muitas tarefas “braçais” no dia-a-dia de trabalho e, muitas vezes, a mesma tarefa várias vezes ao mês, mudando apenas alguns pontos, certo? Outro ponto no dia-a-dia de trabalho são análises que temos que fazer olhando para relatórios e pensando no que podemos melhorar. Mas somos pessoas e temos uma capacidade limitada em processar um volume de dados altíssimo para realizar uma análise, certo?

Para ficar mais interessante, veja estes exemplos:

– Imagina você entrar em um chat na sua empresa e falar pro CHATBOT assim: “Compra material de escritório que está acabando”. O CHATBOT já sabe onde comprar e o que comprar, pois alguém, claro, o configurou para olhar no seu estoque, ver o que está acabando e realizar o pedido no fornecedor.

– Imagina você entrar em um chat e configurar um fluxo de processo apenas digitando assim: “Se a área de compras não conseguir desconto este mês, configure o sistema para bloquear descontos concedidos na área comercial”. E, pronto, está configurado.

Bot-chefeMais um exemplo:

– Imagina você receber uma mensagem assim: “Fulano, bom dia. Sua área comercial não vai conseguir bater a meta desta semana, pois, de acordo com as atividades que estou olhando e pelo histórico de 1 ano, a chance de bater a meta é de 20%. Clique aqui para detalhes da minha análise”. Uaaaau! 😉

Se você estiver achando impossível, pode ter certeza que logo, logo um CHATBOT participará ativamente da sua vida, seja no âmbito pessoal ou profissional.

 

Este artigo foi apenas uma introdução básica ao mundo dos BOTs e CHATBOTs. Escreverei mais artigos sobre o tema posteriormente.

Enjoy the future!

Diretor comercial da Comprovei e focado em melhorar a vida de pessoas e empresas no mundo da logística, com transformações simples. Caso queira saber mais sobre mim, acesse minhas redes sociais.

Entre em contato conosco

  • Desenvolvido por Maurício Faccin
  • ×
    Olá! Converse conosco via Whatsapp.